Filho do Leão


O TURBILHÃO E O GRITO
26 janeiro, 2013, 7:44 pm
Filed under: Intimista, Vida cristã | Tags: , ,

7‎ de ‎maio‎ de ‎2012, ‏‎22:19:10

É tudo um turbilhão dentro de mim, pensamentos e ideias sobem e descem em ritmo frenético e descontrolado. Alguns deles eu tento, a todo custo, empurrar para o mais fundo que posso a fim de escondê-los de mim mesmo, já que não tenho conseguido matá-los afogados, mas como uma boia não fica submersa, a pouca densidade desses pensamentos sempre os trazem à tona, sempre ficam visíveis, acessíveis a mim e àqueles mais sensíveis aos detalhes.

Ser transparente nas emoções tem lá suas vantagens, assim como as inegáveis desvantagens, hoje olho para as desvantagens e as considero grandes demais. Sinto-me cego pela situação, sei que o panorama diante dos meus olhos está borrado, distorcido, não traduz a realidade, mas ainda assim não consigo refletir e chegar ao equilíbrio clareador da visão. A névoa de sentimentos revoltos e inquietos parece ter mais poder do que a minha vontade de enxergar além da fumaça.

No meio de tudo sinto-me perdido e grito por socorro: “Jesus, rescue me!”. Chamo por Ele que põe em tremor a escuridão, que dissipa as trevas como a luz do sol desfaz o poder da noite. E, como o Senhor gosta de expor seus pensamentos em alusões bucólicas, mais uma vez deleito-me em suas promessas metafóricas, mas profundamente reais e capazes de acalmar todo o turbilhão e desequilíbrio que me trouxe até os seus pés clamando por socorro.

“Mas para vocês que reverenciam o meu nome, o sol da justiça se levantará trazendo cura em suas asas. E vocês sairão e saltarão como bezerros soltos do curral.”
(Malaquias 4:2)

C.H.Leonel

Anúncios


Ventos…
6 julho, 2008, 5:27 am
Filed under: Intimista | Tags: , , , , ,

Começando o blog com um post um tanto quanto intimista…

A vida é basicamente um monte de mudanças pelas quais a gente passa e tenta se organizar com e apesar delas. Eu estou numa delas…ou numas delas…tanta coisa que às vezes parece que não é sua vida, parece que você perdeu o controle! E…Aaahh, como a gente gosta de ter o controle do futuro! Mas o futuro realmente pertence a Deus…e mais ainda de cristãos [meu caso]!

Sempre declaro em minhas orações que dou o controle de minha vida a Deus, mas esses dias eu percebi que não é tão fácil dar esse controle depois que se tem tudo esquematizado, cada detalhe já foi pensado e pesado naquela balancinha dos prós e contras. E de repente, não mais que de repente o seu castelo de areia é desfeito pela onda…ah, mas você tinha feito até detalhes do telhado e aquela torre alta já tinha uma linda bandeira que balançava com o vento. Mas a onda, a implacével onda da vontade de Deus mostra que se você confiou o seu destino a Ele, vai precisar continuar confiando quando o próximo passo parece ser dado numa areia movediça em que problemas parecem te engolir e não importa se você se mexe ou fica parado, você continua descendo lentamente e sem esperança de achar um chão firme. A única esperança é gritar por ajuda! E é isso que tenho aprendido…não há forças em mim! A quem podeira recorrer senão a Deus? A qual mão eu deveria pedir que me sustente senão a mão que sustenta o mundo?

E hoje recebo mais uma palavra da parte de Deus: “Os ventos ainda vão continuar…” Quais ventos? Os da tempestade! É…são muitas as anologias para os problemas. Mas para cada uma delas temos a opção de recorrer ao “socorro bem presente na angústia”[Sl 46:1] e continuar crendo enquanto nada muda e parece que Ele está parado.

No meio de tudo isso já me perguntei: “E qual é o sentido de tudo, afinal???” E um amigo, usado por Deus, responde: “Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. ” [Rm 8:29]

Tudo, afinal, é para ficarmos mais parecidos com o próprio Jesus, o irmão mais velho!

Confiar em Deus e adorá-lo em meio a tudo!

Música de uma banda que conheci há bem pouco tempo, mas se encaixou no meu estágio de vida. Claro que tem aquela[praise You in this storm] de Casting Crowns, né, Ci? 😉

Música: Beatiful Lord
Banda: Leeland

When the storm is raging all around me
You are the peace that calms
My troubled sea
And when the cares of this world
Darken my day
You are the light that shines
And shows me the way

Oh, the beauty of Your majesty
On the cross You showed Your love for me!

Beautiful Lord
Awesome and mighty
I’m captured by this love I see
Beautiful Lord
Tender and holy
Your mercy brings me to my knees
It’s Your mercy that has made me free
Beautiful Lord

When my sin is all that I can see
Your grace remains the shelter that I seek
And when my weakness is all I can give
Your gentle Spirit gives me strength again

And oh, the beauty of Your majesty
On the cross You showed Your love for me

And I am lifted by Your love to sing!
It’s Your mercy that has made me free!

You’re beautiful, my Lord
You’re beautiful, my Lord

TRADUÇÃO

Quando a tempestade se enfurece ao meu redor
Tu és a paz que acalma
Meu mar disturbado
E quando os cuidados do mundo
Escurecem meu dia
Tu és a luz que brilha
E mostra-me o caminho

Oh, a beleza de tua majestade
Na cruz tu mostraste teu amor por mim!

Belo senhor
Tremendo e poderoso
Estou apegado a este amor, eu vejo
Belo senhor
Carinhoso e santo
Sua misericórdia traz-me para ficar de joelhos
É tua misericórdia que me fez livre
Belo senhor

Quando meu pecado é tudo que eu consigo ver
Tua graça matém o abrigo que eu procuro
E quando minha fraqueza é tudo que eu posso dar
Teu gentil espírito me dá força outra vez
E oh, a beleza da tua majestade
Na cruz tu mostraste teu amor por mim!

E eu sou levado pelo teu amor a cantar!
É tua misericórdia que me fez livre!

Tu és belo, meu senhor
Tu és belo, meu senhor