Filho do Leão


Morte e Vida Juntos.
14 julho, 2008, 3:27 pm
Filed under: Vida cristã | Tags: , , ,

E num dia comum, ou quase isso… num passeio com amigos novos para um sítio do amigo de um amigo[repare bem na proximidade que eu tinha com os donos =P] … Me deparo, então, com essa imagem que me chamou tanto a atenção!

Percebi: Uma árvore morta no meio da barragem???
E logo comecei a pensar e a entender isso de uma forma a aplicar de um jeito mais espiritual. E pensei por dias nessa árvore e na morte, num lugar onde só deveria haver vida, e onde há , de fato, tanta vida ao redor! Comecei a pensar em como estamos [e, às vezes, fazemos questão de permanecer] assim: sem vida no meio da vida!

Tantas vezes estamos no meio da igreja [corpo de Cristo, não o prédio] onde há muita vida, onde tantos ao redor estão encontrando ,finalmente, uma vida que faça sentido, onde a nossa volta as pessoas transpiram vida, mas nós…tão distantes de tudo isso! Onde está nossa vida? Como assim ela se foi? Tempos atrás tínhamos tanto dela! Éramos até doadores dela! Mas agora…há tanta água ao nosso redor…estamos mergulhados nela e ainda assim tudo o que temos é sequidão dentro de nós.

O ambiente determina o que há em nós? Não creio nisso! Nós determinamos o que realmente entra por nossas raízes!
O ambiente influencia? Sem dúvida!
É mais fácil ter vida onde ela é facilmente encontrada? Sim! Mas não é incomum, como parece, não tê-la em nós, mesmo estando tão próximos dela!

Pensando nessa árvore lembrei de uma música antiga de VOICES [eu acho] , mas o refrão dizia: “Perdido na casa do Pai”. E como definir uma frase como essa numa imagem meio metafórica? Deus o fez em mim quando vi essa imagem da tal árvore!

Lembrei-me de mim mesmo…lembrei de pessoas próximas a mim…e pessoas que já não estão tão próximas assim!
Pessoas que estavam ali conosco onde havia tanta vida, onde está o próprio Autor da Vida, mas escolheram mal o que entraria por suas raízes e morreram num lugar de ressurreição e se perderam na casa do Pai e deixaram de se sentir filhos e se foram… e penso que alguns podem estar conosco ainda…ainda…Mas estão morrendo e sequer percebemos!!! Como eu me senti assim, morri apesar de estar tão próximo à fonte de Vida…morri!

Mas a graça de Deus parece ser incansácel e me alcançou de novo…e posso viver e doar dessa vida a outros de novo. Mas a cada dia tenho que continuar escolhendo sugar da seiva da vida e não da morte. E creiam-me, a seiva da morte é bem mais fácil de ser sugada, porque todo o sistema do mundo te faz estar voltado, inclinado, direcionado à morte e não à vida.

Por aqueles que estão morrendo ou já morreram, choro e clamo para haver ressurreição para eles assim como houve para mim!

Jesus na vida!

C.H. Leonel
[P.S.: Sim, vou assinar assim agora…e sim, é pra parecer com  C. S. Lewis! hehehe]

Anúncios

4 Comentários so far
Deixe um comentário

Gostei da captura e da descrição da “Alma” da foto..

=)

Comentário por Allan Rivalles

Olha a minha foooto, com algumas modificações, é claro! hehehe

Acredita que quando a vi, pensei o mesmo que você? Só que me veio aquela frase, acho que foi Alessandro que nos falou em algum dos nossos encontros. Que dizia: “Não viva como quem estar morto…” Axo que é bom por aí, apesar de difícil, devemos ter ousadia pra quebrar tantos paradigmas que a sociadade nos impõe muitas vezes, e que nos leva a viver como quem não vive verdadeiramente, para a vida eterna.

Fica na Paz, Dr°!

bjão!

Comentário por Allana

Realmente não podemos nos deixar levar pelas coisas de maior conforto para a carne, devemos sempre correr em direção a Jesus, o que nem sempre é fácil devido a várias pedras que aparecem no caminho
mas devemos nos lembrar que a fonte de vida eterna mora dentro de nós e que devemos alimentar o nosso espírito para jorrar ela
o que nem sempre é o mais fácil ou o mias cômodo
isso serve para mim e para todos!

Comentário por Diego

Carlitchos..
Nós sabemos bem ogosto bento das lágrimas que derramos por aqueles que se esqueceram da casa do pai ou por aqueles que apesar de continuarem nela, estão perdidos, porque pior do que não conhecer a Deus é conhecê-lo à distaância.

Mas continuamos crendo em um Deus que transformamisérias em triunfos. Assim elefez no calvário e faz na nossa vida. Porque não faraia então na vida do outro?
bjão

Comentário por cibeletenorio




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: